quarta-feira, 30 de julho de 2014

Expointer recebe novas retroescavadeiras da Randon

A Randon Veículos, de Caxias do Sul (RS), apresentará sua nova linha de retroescavadeiras na 37ª Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, região metropolitana de Porto Alegre, que será realizada de 30 de agosto a sete de setembro. As novidades incluem revisões de motor a cada 500 quilômetros, dois anos de garantia e avanços tecnológicos como o novo sistema de iluminação traseira e novo tanque de combustível de plástico anti-chama. A Randon Veículos atende o mercado brasileiro, onde tem participação de 85% da frota de caminhões fora-de-estrada e ainda exporta para países da América Latina, Oriente Médio e África.

Artigos de couro e viagem ganham mercado na Colômbia

A Associação Brasileira das Indústrias de Artefatos de Couro e Artigos de Viagem está liderando missão de empresários na IFLS (Mostra Internacional de Calçados e Couro), que começou ontem e vai até sexta-feira, em Bogotá, na Colômbia. Segundo o gerente de projetos da Abiacav, Diego Ghisoni Serafim, "já registramos pedidos de amostras e fizemos diversas reuniões com compradores". O executivo citou o encontro com representantes da Couroveles, rede com mais de 200 lojas em todo o território colombiano, que resultará em fechamento de importantes contratos com exportadores brasileiros. Estão sendo feitos contatos também com empresários de redes varejists do Chile e do Perú, além de outras lojas da Colômbia, acrescentou o gerente.

Hamburg Sud lança aplicativo para smarthphones

O grupo alemão Hamburg Sud acaba de lançar um aplicativo gratuito para smartphones e tablets que permite aos clientes acessar informações sobre rastreamaento das suas cargas, schedules, escritórios do armador e outras notícias. O aplicativo foi desenvolvido em conjunto com a consultoria de TI Capgemini e está disponível para os sistemas operacionais IOS e Android, nas línguas inglesa e alemã, podendo ser baixados no iTunes da Apple e Google Play Store. Com a nova ferramenta, os clientes podem acessar os mesmos dados que estão disponíveis no portal de comércio eletrônico ecom.hamburgsud.com.

O dramático tango da dívida argentina

A Argentina, como era esperado, não chegou a um acordo com os chamados fundos abutres, que rejeitaram a proposta da Casa Rosada de reescalonamento da dívida, e não pagará o dinheiro devido, conforme determinação da Suprema Corte dos Estados Unidos, a qual eles haviam recorrido. Assim, a presidente Cristina Kirchner não poderá pagar aos 95% aos demais devedores que aceitaram a renegociação dos débitos, porque o dinheiro seria automaticamente confiscado pela justiça norte-americana.O ministro argentino da Economia, Axel Kilcillof, confirmou que não houve acordo e afirmou que o país "não pode ceder às condições injustas que foram exigidas". Adiantou que o governo de Buenos Aires recorrerá ao Direito Nacional e Internacional. Mas, por enquanto, de concreto é que, mais uma vez, a Argentina, vai dando um calote nos seus credores e, em consequência, perde acesso a recursos financeiros internacionais.

Crescimento americano no trimestre é de dar água na boca

A economia da maior potência do mundo recuperou-se do primeiro trimestre ruim e apresentou impressionante crescimento de 4% de abril a junho, índice de causar inveja a governos que vivem se autoelogiando pelas pretensas conquistas pelo globo afora. Para melhorar ainda mais, a queda econômica dos Estados Unidos nos primeiros três meses, inicialmente estimada em 2,9% foi revisada para 2,1%. A partir dos novos cálculos, o Departamento de Comércio norte-ameridano já trabalha com prognóstico de alcançar taxa em torno de 2,5% em 2014, superior a média mundial, o que é impactante em uma nação com produto interno bruto acima de US$ 15 trilhões, ou um quinto da renda do planeta.

terça-feira, 29 de julho de 2014

Voos para o Brasil crescem durante a Copa

Os voos internacionais para o Brasil aumentaram em 14% em junho e julho, quando se realizou a Copa do Mundo no país, na comparação com os dois meses no ano passado. Os passageiros vindos da América Latina representaram a fatia mais significativa deste bolo, com expansão de 20%. Os destaques foram Santiago do Chile, com elevação de 92,8%, Cidade do México, com 75% e Montevídéu, com 26%. Os voos oriundos de outros continentes também aumentaram, mas em patamares menos impactantes. Agora, a expectativa é saber se o movimento provado pelo campeonato da Fifa terá consequências nas operações aéreas, com o incremento das viagens do exterior para o Brasil no turismo e nos negócios, como acreditam setores do governo e do empresariado nacional. Os dados foram divulgados pelo Ministério do Turismo.

CNI e Nippon Keidannen discutem oportunidades de negócios

A CNI e a Nippon Keidannen, equivalente japonesa da Confederação Nacional da Indústria do Brasil, realizam reunião dia 1º de agosto, em Brasília, para discutir o fortalecimento e as oportunidades mútuas de investimento nos setores de infraestrutura, transporte, óleo, gás e energia elétrica. O primeiro ministro japonês, Shinzo Abe, fará o encerramento do econtro que terá a presença de 26 líderes empresariais brasileiros e 35 nipônicos.

Tyson sai do Brasil e vende unidade no país para a JBS

A JBS, líder mundial no processamento de carnes bovina e de frango, ampliou sua presença no mercado nacional de aves, no qual amarga um segundo lugar, atrás da BRFood, outra gigante brasileira do segmento. A companhia, sediada em Goiás, comprou a unidade brasileira de frango congelado da Tyson Food no Brasil e no México por US$ 575 milhões, que serão pagos em cash (dinheiro vivo). Com as novas unidades, a JBS calcula elevar sua receita anual em US$ 1 bilhão. Já a Tyson, que lidera o mercado de processadores de carne na América do Norte, abandona o Brasil e passa a concentrar esforços nos Estados Unidos,onde acabou de comprar a Hillshire, uma das principais indústrias de embutidos do país.

Programa de trainee da Embraco inclui estágio no exterior

O Programa de Trainee da Embraco 2015 já está com inscrições abertas para o próximo ano. Podem participar formados nas áreas humanas e exatas com curso concluído entre dezembro de 2012 e dezembro de 2014, com inglês avançado e possibilidade de residir em Joinville, no norte catarinense. O programa é muito disputado, oferece salário de R$ 5 mil mensais e após treinamento interno, os trainees poderão desenvolver projeto durante até um ano em uma das unidades da Embraco no exterior (Itália, México, China, Eslováquia, Rússia e Estados Unidos). Os interessados podem obter mais informações e fazer sua inscrição pelo trainee.embraco.com.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Gerdau fecha usina de Sorocaba

O Grupo Gerdau decidiu fechar a usina laminadora de aços especiais de Sorocaba (SP). A direção da empresa divulgou nota informando que a partir de setembro a produção da unidade será transferida para outras plantas e que grande parte do volume será fabricado pela usina de Mogi das Cruzes, igualmente no interior paulista. A transferência da produção, segundo a nota, deve-se à necessidade de otimização das atividades das operações da companhia no segmento de aços especiais diante do complexo cenário vivenciado pela indústria do aço no Brasil e no mundo. A Gerdau também garantiu que o abastecimento do mercado não sofrerá interrrupções.

Tecon RG atrai embarques de frango

A indústria Mais Frango, de Miraguai, no noroeste gaúcho, transferiu seus embarques de frango congelado para o Tecon Rio Grande neste semestre, movimentando cem contêineres com destino aos principais países do Oriente Médio. O frigorífico tradicionalmente exportava sua produção pelos portos de Santa Catarina, a cerca de 700 quilômetros da área de produção. A opção por Rio Grande, a 650 quilômetros de distância, reduziu os custos totais em até 15%. A expectativa é operar em média vinte contêineres por mês com carga da Mais Frango.

Câmara Alemã promove fórum de infraestrutura em Porto Alegre

A Câmara Brasil/Alemanha do Rio Grande do Sul promove o 2º Fórum de Infraestrutura e Logística, dia sete de agosto, no Hotel Laghetto, em Porto Alegre, com o objetivo de discutir a situação e perspectivas que envolvem o segmento. A programação acontecerá nos turnos da manhã e da tarde, com o secretário estadual de infraestrutura e logística, João Victor Rodrigues, participando da abertura. Os palestrantes serão os presidentes da CMPC, Walter Lidio Nunes, do Tecon Rio Grande, Paulo Bertinetti, da ABTP, Wilen Manteli, da Bebidas Fruki, Nelson Egger, da Interlink, Francisco Cardoso, do diretor-superintendente da Hamburg Sud, Julian Thomas e, ainda, Vicente Caleffi, da Air Slhip.

Programa nuclear brasileiro ganha parceria russa

O programa nuclear brasileiro deverá ganhar a parceria da companhia russa Rosatom, que, para atender os projetos a serem implantados no Brasil, deverá receber até US$ 2 bilhões em financiamentos de Moscou. A decisão ainda não foi confirmada oficialmente pelo Palácio do Planalto, mas tira do páreo a francesa Areva, que era a "noiva" favorita. A mudança decorreu da insatisfação de Brasília com o comportamento dos franceses que em nenhum momento mostraram propostas concretas para a liberação de recursos para o programa, exigência brasileira. Bem ao contrário dos russos, que contaram inclusive com a intervenção direta no négócio do todo poderoso presidente Vladimir Putin, que garantiu a aprovação dos recursos para financiar os projetos de geração nuclear no Brasil. Pelo andar da carruagem, nos próximos meses representantes das empresas Eletronuclear, INB (Indústrias Nucleares do Brasil) e Rosatom, formarão um grupo de estudos para dar o pontapé inicial na parceria. A confiança é tão grande que executivos da companhia russa já estão escolhendo lugar, possivelmente na cidade do Rio de Janeiro, para instalar o escritório brasileiro.

Presidente da AEB pede medidas urgentes para o comércio exterior

O comércio exterior brasileiro passa por grandes mudanças e necessita com urgência de medidas para a redução de custos e gerar competitividade para seus produtos. A advertência é do presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil, José Augusto de Castro, que adianta que estas questões estarão permeando a realização do Enaex 2014, no Rio de Janeiro (RJ), que inicia na próxima semana. Segundo o empresário, o setor enfrenta inúmeros problemas como sistema tributário complexo, anti-industrialização e antiexportação de manufaturados, infraestrutura deficiente, insuficiente e onerosa e burocracia excessiva. "O governo precisa focar em ações que gerem maior competitividade, elevando a produção e reduzindo o custo", afirmou Castro. Mais informações e inscrição no Enaex 2014, acesse o banner da AEB ou o do Enaex neste blog e saiba tudo sobre o Encontro Nacional de Comércio Exterior.

Receitas com software de supply chain crescem em todo o mundo

O Garner, líder mundial em pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia, realizou estudo apontando que o faturamento com software de gestão e supply chain deverá alcançar US$ 17 bilhões em 2014, num crescimento de 12% em relação ao ano passado. O aumento baterá o recorde anterior, registrado em 2011 e a tendência é de manutenção da expansão nos próximos exercícios, inclusive no Brasil, um mercado considerado ascendente.

domingo, 27 de julho de 2014

CEO da ThyssenKrupp palestra na Câmara Alemã

A Câmara Brasil/Alemanha de Porto Alegre (RS) promove reunião-almoço dia 13 de agosto com o CEO da ThyssenKrupp no Brasil, Michael Hollermann, com o tema da palestra a ser definido nos próximos dias. Será no Salão Nobre do Hotel Plaza São Rafael, na capital gaúcha e é aberto a sócios e não sócios da entidade. Mais informações e inscrições pelo email aline.martins@ahkpoa.com.br

Andrade Gutierrez e Iesa: final feliz para o polo naval do Jacuí

As negociações entre a Andrade Gutierrez e a Iesa Óleo e Gás chegaram a um final feliz, depois de semanas de ansiedade entre lideranças do governo gaúcho e do setor naval que vinham roendo as unhas nos últimos dias. O acordo, que deverá ser assinado entre as duas empresas nesta semana, garante a implantação do Pólo Naval do Jacuí, na cidade de Charqueadas e, consequentemente, do contrato de US$ 800 milhões com a Petrobras para a fabricação de plataformas de petróleo. O contrato chegou a sofrer ameaça de cancelamento pela estatal, em virtude da crise na Iesa, que ficou sem condições de tocar o projeto sozinha e precisava de um parceiro de peso. A Petrobras chegou a solicitar à Metasa, principal fornecedora da Iesa, que suspendesse as estruturas que serão utilizadas na construção dos equipamentos encomendados. O secretário do Desenvolvimento do estado, Mauro Knijnick, aliviado, disse que "a entrada de um gigante como a AG no negócio pode até viabilizar outras parcerias para o setor."

International Food TecBrasil traz inovações no processamento de alimentos

A primeira edição da International Food TecBrasil vai acontecer de 5 a 7 de agosto, no foyer do ExpoUnimed, em Curitiba, Paraná.Participarão 70 expositores do Brasil e de mais oito países. A Feira Internacional de Fornecedores para a Indústria Alimentícia apresentará inovações tecnológicas, inovadoras e soluções para a cadeia de processamento de alimentos, com foco especialmente nos segmentos de carnes bovinas, de aves e de peixes e queijos. Mais informações pelo email isabella @mililas.com.br.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Previsão de crescimento do PIB do Brasil é reduzida... de novo

Pela quinta vez consecutiva o Fundo Monetário Internacional reduziu a projeção de cescimento do Produto Interno Bruto do país em 2014. A estimativa agora é de que a elevação da economia do Brasil deverá baixar de 1,3% previsto anteriormente (que já era ruim) para minguados 0,6%. O índice é muito inferior ao do crescimento da economia global, que deverá atingir cerca de 3% e perde inclusive para nações desenvolvidas como Estados Unidos e Alemanha, que registrarão percentuais em torno de 2%. O novo cálculo leva em conta a anemia em torno do investento e do consumo no país. O pior é que o FMI acena com uma maldição para o próximo ano, apontando para a manutenção da taxa de crescimento no patamar deste ano. Contrariando o saudoso cineasta italiano Federico Fellini, a nave não vai vai...

Enaex 2014 debaterá a questão portuária

"O papel dos CAPs e a importância da gestão corporativa nos portos organizados nacionais", com a presença do presidente da ABTP, Wilen Manteli, será um dos temas do Enaex 2014. O workshop faz parte da programação, assim como inúmeros painéis e debates previstos para esta edição do Encontro Nacional de Comércio Exterior, promovido pela AEB, que acontece dias 7 e 8 de agosto, no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro (RJ). Na ocasião, também será lançado o "Manual do CAP", que destaca a importância dos membros do Conselho de Autoridade Portuária na gestão dos terminais brasileiros. O encontro reunirá os conselheiros dos 29 portos que contam com CAPs atuantes. A Associação de Comércio Exterior do Brasil participa ativamente, indicando os representantes dos usuários, exportadores e importadores. O ENAEX 2014 tem como tema central este ano "Propostas para a Redução de Custos no Comércio Exterior". As inscrições são gratuita e podem ser feitas pelo site www.enaex.com.br

Medidas de segurança melhoram operações internacionais em Uruguaiana

A Elog, a Abti, o Sindimersul e o Sdaergs estão comemorando o sucesso das medidas de segurança adotadas em caráter de urgência para dar mais segurança à região de Uruguaiana, na fronteira do Brasil com a Argentina, em especial no acesso à BR-290. Os resultados já podem ser notados. Entre as providências, estão a contratação por 90 dias de segurança particular para melhorar a segurança do acesso ao Porto Seco. "Desde o início das mudanças, passamos a nos sentir muito mais seguros em relação à nossas cargas", afirmou o diretor-executivo da PM Despachos, Paulo Maia. O gerente do segmento de transporte internacional da TNT/Mercúrio, José Paulo Silva, também destacou o fim das avarias a partir da adoção do plano de segurança.

Fiergs promove congresso internacional de inovação

O Sistema Fiergs (Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul) promove dias 22 e 23 de outubro o 6º Congresso Internacional de Inovação, com o tema "Megatendências: inovação e a economia da sustentabilidade". Será no Centro de Eventos Fiergs, em Porto Alegre (RS) e terá palestrantes do Reino Unido, Estados Unidos, Japão, Alemanha e Brasil. O programa desta edição examinará os ganhos de eficiência nos processos produtivos e financeiros e na gestão e como gerar novos modelos de negócios para os mercados globais. Mais informações e inscrições pelo fone (51)3347-8555.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Exportações de carne por Paranaguá têm expansão no semestre

As exportações de carne pelo porto de Paranaguá cresceram 23% no primeiro semestre, comparado aos primeiros seis meses de 2013, atingindo 684 mil toneladas e receita de US$ 1,47 bilhão, aumento de 18% no período. Os embarques de carne bovina tiveram a alta mais significativa, de 71%, somando 63 mil toneladas. Os maiores compradores foram Honk Kong, Venezuela, Egito, Rússia e Irã. A liderança disparada, no entanto, segue com a carne de frango, com 557 mil toneladas, embarcadas principalmente para a Arábia Saudita, Japão, Hong Kong, China e Emirados Árabes Unidos. Até a carne suína registrou exportações significativas, de 25 mil toneladas, tendo como mercados prioritários a Rússia e a Itália.

Moçambique terá financiamentos em logística do BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social assinou memorando de entendimento com o Banco Nacional de Moçambique, controlado pelo governo daquele país. A medida visa a fomentar a cooperação entre o Brasil e a nação africana, financiando estudos e obras de infraestrutura, que possibilitem a melhoria do sistema logístico moçambicano. As áreas que deverão receber assessoria técnica e aporte de recursos são de energia, recursos naturais, indústrias em geral e, especialmente, portos, armazéns, estradas e aeroportos.

Sdaergs promove curso sobre Certificado de Origem

Mais de 50 pessoas, entre despachantes aduaneiros e outros profissionais da área, participaram, na sede do Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul em Uruguaiana (RS), do curso sobre Certifidado de Origem, com o instrutor Francisco Soler, de São Paulo (SP). O treinamento foi uma parceria entre o Sdaergs e a Fecomércio-RS e abordou temas como os acordos vigentes e declarações. O instrutor deu dicas quanto às interpelações e falou da responsabilidade do despachante aduaneiro ao fazer o C.O. O curso foi avaliado como imprescindível para diimir dúvidas e se certificar sobre determinadas questões, consideraram participantes.

Grupo Libra seleciona trainees

O Grupo Libra, um dos mais importantes operadores portuários e de logística de comércio exterior do país, abriu 13 vagas para futuros líderes dentro do seu Programa de Trainees 2014. São oportunidades em empresas controladas pelo grupo: Libra Terminais, Libra Logística e Libra Aeroportos, em cidades como Santos, São Paulo e Rio de Janeiro. As vagas são destinadas a profissionais com formação entre dezembro de 2011 e agosto de 2014, com fluência avançada em inglês, mobilidade para viagens e mudanças. Os aprovados em todas as etapas da seleção começarão na companhia em outubro deste ano. "O programa é uma experiência muito rica para a empresa e também para os trainees", afirmou a diretora de desenvolvimento organizacional do Grupo Libra, Clúdia Falcão. Inscrições pelo site www.across.com.br/grupolibra.

Feira moveleira atrai indústrias gaúchas

A principal feira de mobiliário, acessórios e decoração da América Latina, a Abimad, será realizada de 29 de julho a 9 de agosto, no ExpoCenter Norte, em São Paulo (SP). Participarão 17 empresas do setor moveleiro do Rio Grande do Sul, que buscarão o fechamento de negócios nos mercados nacional e internacional, além de ampliar os conhecimentos em tecnologia e design, que igualmente estarão representados na feira. A 18ª edição da Abimad vai ocupar dois pavilhões, totalizando uma área de 26,8 mil metros quadrados, que abrigarão 97 expositores, entre fabricantes e lojistas do Brasil e do exterior.

Abimaq critica falta de diálogo entre governo e estaleiros

A falta de diálogo entre governo, estaleiros, indústrias e EPCistas é uma das causas para os problemas da desindustrialização brasileira e da perda de competitividade. A opinião foi manifestada pelo presidente da Câmara Setorial de Equipamentos Navais e de Offshore (Csen) e da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Marcelo Campos. Segundo o dirigente, "as regras do conteúdo local perdem seu fundamento sem estarem associados à uma política industrial, já que é possível cumprir as exigências sem diminuir as importações de equipamentos, cujo volume representa pouco no todo".

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Guia ensina a abrir empresa nos Estados Unidos

O Guia Prático "Como Abrir Empresas nos Estados Unidos", desenvolvido em parceria entre a Amcham (Câmara Americana de Comércio) e a Drummond, registrou crescimento de 74% neste semestre em número de dowloads em relação ao mesmo período de 2013. "Há uma enorme procura sobre os processos de abertura de negócio nos Estados Unidos", observou o diretor da Drummond, Bruno Drummond. Ele atribuiu a expansão à recuperação do PIB norte-americano, ao mesmo tempo em que acontece uma instabilidade econômica no Brasil. O Guia auxilia com informações referentes aos procedimentos e estruturas legais, tributárias, financeiras e operacionais. O acesso é pelos sites www.amcham.com.br ou www.drummondcpallc.com.

Datalogic inaugura unidade em São Paulo

A Datalogic, líder global na captura avançada de dados e automação industrial e fabricante de leitores de códigos de barras, computadores e outros itens, inaugurou nova operação, em Jundiaí, São Paulo. A planta foi planejada para a montagem de alguns equipamentos da sua linha de produtos e as primeiras unidades fabricadas foram aprovadas nos testes de qualidade. O CEO da companhia, Bill Pamell, disse que "o Brasil é considerado um mercado de crescimento rápido com grande potencialidade de negócios". Além do mercado interno, a fábrica também atenderá clientes de toda a América Latina.

IBE/FGV têm vagas para MBA em Supply Chain

O MBA em Logística e Supply Chain da IBE/FGV ainda tem vagas para a edição deste ano. O curso é coordenado pelo professor Jamil Moysés, mestre em Administração, pós-graduado em Finanças Corporativas e engenheiro civil. O programa desenvolve competências e técnicas que estimulam a racionalização dos processos logísticos a fim de resultar no aumento da produtividade e redução de custos, além de networking de alto nível. Mais informações e inscrições pelo fone (19)3739-6420 ou pelo site www.ibe.edu.br.

Feira terá projeto comprador do setor moveleiro

O Projeto Comprador da Orchestra Brasil de exportação de empresas brasileiras fornecedoras da indústria moveleira participará da 6ª ForMóbile (Feira Internacional de Fornecedores da Indústria Madeireira e Móveis), de 29 de julho a 1º de agosto, no Parque Anhembi, em São Paulo (SP). O grupo será formado por 110 companhias do segmento que ocuparão estande de 100 metros quadrados, no qual receberão especialmente 13 importadores do Perú, Colômbia, México, África do Sul, Canadá, Uruguai, Porto Rico, Costa Rica e Argentina. O projeto é gerido pelo Sindmóveis (Sindicato da Indústria Moveleira), de Bento Gonçalves (RS), que tem expectativa de vendas acima dos US$ 2 milhões obtidos na edição da feira no ano passado.

Caem importações de bens de capital no semestre

O primeiro semestre do comércio exterior brasileiro apresentou números que sinalizam para a queda da confiança e do investimento na economia do país. Os dados divulgados hoje pela Funcex (Fundação Centro de Estudos de Comércio Exterior) mostram que as importações de bens de capital, indicativo da pujança da produção industrial, sofreram queda de 10,3% no período em comparação aos seis primeiros meses do ano passado. Ao mesmo tempo, uma parcela menor da produção foi absorvida pela atividade econômica, evidenciando um processo de desaceleração da economia do Brasil.

Espaço Cultural Correios e Hamburg Sud realizam exposição no Sul

A companhia de navegação Hamburg Sud e o Espaço Cultural Correios vão realizar a exposição "Brasil-Alemanha: uma história centenária contada pelo mar", de 8 a 14 de agosto, no térreo do Memorial do Rio Grande do Sul da ECT, na rua 7 de Setembro, 1020, Centro Histórico de Porto Alegre. A exposição estará aberta ao público, com entrada franca, de segunda a sexta, das 9 às 17h e sábado, das 12 às 17h.

Previsão sobre o PÌB cai ainda mais

O governo admitiu que a projeção de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) para este ano, estimada em 3 % em janeiro, reduzida para 2,5% há dois meses, baixou ainda mais, agora para 1,8%. A equipe econômica apresentou o novo prognóstico a partir do fraco desempenho da atividade econômica do país no semestre. Mas, o mercado considerou muito otimista o cálculo oficial e trabalha com o índice de 0,9%. A estimativa sobre o crescimento serve de base para estabelecer as projeções de receitas e despesas governamentais. Só uma coisa não muda neste filme: o otimismo do ministro Guido Mantega,e nem poderia ser diferente, se ele não acreditar que a situação vai melhorar, quem irá?

Transposul movimentou mais de R$ 190 milhões em negócios

A Transposul 2014 (16ª Feira e Congresso de Transporte e Logística) negociou R$ 192 milhões, quase o dobro em relação à edição do ano passado, superando as expectativas dos organizadoes em virtude da estagnação econômica do país. Foram vendidos caminhões, pneus, peças e outros itens nos três dias de ralização da feira, que é promovida pelo Setcergs (Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística do Rio Grande do Sul) e ocorreu no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre, recebendo 15 mil visitantes. Na progamação institucional, um dos destaques foi a InterComex, congresso de comércio exterior e logística internacional, que apresentou quatro paineis e oito palestrantes e contou com cerca de 600 inscritos. O presidente da AEB (Associação de Comércio Exterior do Brasil), José Augusto de Castro, o secretário-execxutivo de infraestrutura da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Wagner Ferreira Cardoso e o presidente da Associação Brasileira de Estudos Aduaneiros, Fernando Pieri Leonardo, estavam entre os painelistas.

Morreu o "seu" Brastemp, que poucos sabiam que era brasileiro

Quem não conhece a expressão não é nenhuma Brastemp, referindo-se a qualquer coisa que não fosse de excepcional qualidade. Pois o criador da marca que rendeu a frase famosa, Hugo Miguel Etchenique, morreu aos 89 anos, no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ele fundou a indústria de geladeiras, lavadeiras e outros equuipamentos domésticos em 1954, como uma unidade da Brasmotor. Nos anos noventa,a Brastemp acabou fundindo-se com a Cônsul e a Sêmer, formando a Multibrás, que pouco depois, foi vendida para a multinacional de eletrodomésticos Wlhirpool, líder mundial do segmento em produção, vendas e exportações. A propósito, este blogueiro não tinha a menor ideia de que a Brastemp, símbolo de qualidade acima do padrão, fora criada por um brasileiro. Deve ser o tal complexo de vira-lata.

Governo suspende mudança na quota para compras na fronteira

O Ministério da Fazenda anunciou a suspensão da diminuição do valor da quota para compras nas free-shops de cidades fronteiriças, de US$ 300,00 para US$ 150,00, que havia anunciado um dia antes, exibindo desorganização e falta de sintonia entre órgãos públicos. A medida somente deverá se adotada a partir de julho de 2015, quando estiverem implantadas as zonas francas em cidades brasileiras de fronteira. Fontes ligadas ao Governo atribuem a falha a uma precipitação da Receita Federal. Então, tá. Agora, na real, será que não há nada mais importante na economia brasileira que merece atenção e preocupação das nossas autoridades financeiras do qwe se preocupar com o passeio e comprinhas de fim de semana de brasileiros em Rivera, Chuy e Rio Branco? Que diferença faz 300, ou 150 dólares? Que relevância têm isto?

terça-feira, 22 de julho de 2014

Porto de Itapoá estreita relações internacionais com ajuda da Câmara Alemã

O Porto de Itapoá, no extremo norte catarinense, está estreitando relações internacionais com a ajuda da Câmara Brasil/Alemanha, a partir de Joinville, maior cidade e principal centro econômico do estado. O terminal, associado à entidade, é o segundo maior de Santa Catarina e o único a receber os maiores navios de contêineres em operação na América do Sul. Segundo o assessor executivo do porto, Alberto Machado, "a parceria com a Câmara é estratégica. A vantagem priomordial é o acesso direto aos principais playeres alemães constituídos no Brasil, como a BMW, Hamburg Sud, Volkswagem, entre outros", comentou o executivo.

Liderança da GE no mercado brasileiro está ameaçada pela Caterpillar

A GE está perdendo terreno no mercado nacional e pode sofrer uma ultrapassagem que parecia inimaginável, sendo suplantada pela Caterpillar. Gradativamente, a companhia vem tropeçando com a sucessiva redução do volume de pedidos em carteira que já atingiu alarmantes 20% nos últimos três anos. Os custos operacionais na fábrica de Contagem (MG) também aumentaram significativamente, levando o fabricante a rever seus investimentos no país, cancelando o plano de expansão da planta mineira. A meta era chegar a marca de 120 vagões por ano ainda em 2014, o número, contudo, deve ficar em apenas 50. Enquanto a GE perde velocidade e está quase descarrilando, a Caterpillar acelera sua presença no Brasil e deve entregar mais de 40 locomotivas este ano. Além disso, está incrementado a produção na fábrica inaugurada há apenas dois anos, em Sete Lagoas, também em Minas Gerais, principal polo da indústria ferroviária nacional. Nesta toada, poderá assumir a dianteira do mercado brasileiro já em 2015. Mas, os dois gigantes norte-americanos têm um outro desafio pela frente, representado pela ameaça dos grupos chineses que têm desembarcado no Brasil oferecendo locomotivas importadas a preços até 20% inferiores aos dos equipamentos nacionais.

Primeira fábrica da AKG na América do Sul será em São Paulo

A AKG anunciou hoje a instalação de uma fábrica em Lorena, no interior paulista, que vai produzir trocadores de calor e sistemas de arrefecimento. A unidade vai atender o mecado brasileiro e também exportará para outros países da América do Sul. A decisão de construir a 14ª planta industrial do grupo alemão, a primeira no continente, faz parte do projeto de expansão da presença global da empresa, revelou o seu presidente, Hartwig Pietzcker. "A situação atual de estabilidade econômica e política do país pesou na escolha do Brasil", enfatizou o executivo.

Novos portêineres do TCP começam a operar

O Terminal de Cargas de Paranaguá começou a operar com dois dos quatro portêineres de última geração que foram instalados no novo cais de atracação, inaugurado no mês passado. Os equipamentos são o PT7 e o PT8, que realizaram a movimentação de contêineres do navio MSC Abidjan, de bandeira do Panamá. Os novos portêineres têm capacidade para atender embarcações com até 51 metros de largura por 338 metros de comprimento, do tipo pós-panamax. Os equipamentos podem movimentar a carga de navios com até 23 fileiras de contêineres.

Aplicativo da Hamburg Sud facilita atendimento aos clientes

A Hamburg Sud lançou um aplicativo gratuito para smartphones e tablets já disponível para dowload, que possibilita aos seus clientes acessarem informações sobre horários, escritórios, rastreamento e notícias referentes ao andamento da sua carga. O novo aplicativo foi desenvolvido em parceria com a IT Consultancy Capgemini e proporciona aos clientes do armador alemão a possibilidade de acessar os mesmos dados e informações que estão disponíveis no portal comercial eletrônico da companhia.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Exportações crescem na terceira semana de julho

As exportações brasileiras na terceira semana de julho foram de US$ 5,138 bilhões, com média diária de US$ 1,067 bilhão. O resultado é 1,7% superior à média de US$ 1,011 bilhão verificado até a segunda semana do mês. Houve aumento nas exportações de produtos manufaturados, em 55,7%, com destaque para plataformas para produção de petróleo e gás, tubos de ferro fundido, autopeças, motores para veículos e máquinas para terraplenagem. Mas retrocederam as vendas externas de produtos básicos, em -22,7%, com declínio para o petróleo bruto, soja em grão, minério de ferro, carne bovina, e fumo em folhas. Os semimanufaturados também apresentaram queda, de -15,8%. Perderam espaço os embarques de celulose, açúcar bruto, couros e peles, ferro e aço.

Greve em Rosario paralisa exportações de grãos da Argentina

As exportações de grãos e seus derivados, especialmente do complexo soja, estão paralisadas na zona portuária de Rosario, terceira cidade argentina, distante 400 quilômetros de Buenos Aires e o porto fluvial que concentra a maior parte do escoamento da produção agrícola do país. "As atividades estão totalmente paradas, não se pode carregar ou descarregar navios, caminhões, vagões ou barcaças", disse o gerente da Câmara de Atividades Marítimas da Argentina, Gillhermo Wade. A expectativa do executivo é de que hoje um novo encontro entre representantes do poder público, do setor empresarial e dos portuários, possa redundar em um acordo que ponha fim à greve. Os trabalhadores pedem melhores condições de trabalho e reajuste na taxa de estiva. A Argentina é um dos principais exportadores mundiais de alimentos, contudo, sua posição vem sendo ameaçada nos últimos anos em consequência de uma série de obstáculos oferecidos pelo país, entre os quais os constantes protestos de trabalhadores em uma economia em frangalhos e com inflação em alta.

Veppo critica redução de quota de importação na fronteira

O Diário Oficial da União publicou hoje a portaria nº 307, do Ministério da Fazenda, que reduz a quota de importação para viagens terrestres de US$ 300,00 para US$ 150,00. A redução causa impacto significativo nas compras dos viajantes que costumeiramente se deslocam para as cidades fronteiriças para comprar produtos nas "free-shoppings". O advogado Walter Veppo entende que a normativa, assim como a anterior, é controvertida porque, no seu ponto de vista, afronta o princípio constitucional da vedação ao tratamento desigual entre contribuintes. Segundo o especialista em Direito Aduaneiro, da Veppo Advocacia Aduaneira, "essa questão ainda deve ser debatida pelo Supremo Tribunal Federal, considerando que a quota do viajante que ingressar via aérea é de US$ 500,00", concluindo que, "em suma, os viajantes que pretendem se deslocar para efetuar compras fora do Brasil deverão atentar à alteração da quota para US$ 150,00, a fim de evitar surpresas.

Portonave é premiada por projeto cultural

A Portonave - Terminais Portuários de Navegantes, conquistou o Prêmio Empresa Cidadã 2014, concedido pela ADVB/SC (Associação dos Dirigentes de Vendas de Santa Catarina), na categoria Desenvolvimento Cultural, com o case "Um contêiner e muito mais cultura - Conheça o Programa Cultura". O programa é uma parceria da companhia com o Instituto Caracol e consiste em um equipamento cultural itinerante composto de uma biblioteca e uma sala de cinema adaptados em um contêiner de 12 metros, com excelente acervo literário e cinematográfico. O projeto já atendeu mais de 30 mil pessoas e percorreu onze cidades catarinenses. Ao todo, a iniciativa da ADVB/SC premiou este ano 15 projetos nas áreas de Preservação Ambiental, Participação Comunitária e Desenvolvimento Cultural.

BNDES e banco alemão vão financiar projetos eólicos

O BNDES assinou contrato de empréstimo com o banco KfW alemão, no valor de US$ 350 milhões. Os recursos captados pelo banco brasileiro serão aplicados no financiamento de projetos de usinas eólicas a serem implantados no país por empresas brasileirs. A estratégia visa a oferecer mais alternativas enérgicas ao mercado nacional, buscando atender a crescente demanda que já causou apagões que causaram calafrios nos meios políticos e, principalmente, empresariais. A operação é a maior já feita pelo banco germânico que tem controle acionário do governo federal daquela nação, ficando a parte minoritária do capital em mãos dos governos estaduais da Alemanha.

Abrava e ApexBrasil atraem importadores de refrigeração

O Programa Abrava Exporta, parceria da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento e a ApexBrasil, promoverá reunião internacional de negócios dias 23 e 24 de julho, no hotel Blue Tree Towers Millenium, em Porto Alegre (RS). Participação dez companhias nacionais e oito potenciais compradores estrangeiros. O objetivo é fomentar negócios através de encontros diretos trazendo importadores de itens do setor HVA-R do Chile, Colômbia, Panamá e Peru. A gestora do programa, Leila Vasconelos, revelou que "as rodadas internacionais de negócios, iniciadas em 2005, têm trazido importantes negócios para as empresas nacionais que atuam na área. Mais informações pelo email abravaexporta@abrava.com.br.

Prioridade do futuro presidente será rever gastos públicos

Não importa quem vai ganhar a eleiçao de outubro e governará o Brasil nos próximos quatro anos. A prioridade dele deverá ser a busca da redução dos gastos públiocs. A opinião é do ex-vice-presidente do Banco Mundial e hoje conselheiro da instituição para o BRICS (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), Otaviano Canuto. O economista, que integrou o primeiro mandato do governo de Luís Inácio Lula da Silvla, atribui parte do crescimento da economia brasileira naquele período à estabilização e as reformas adotadas pelo seu antecessor, Fernando Henriquen Cardoso. "Foi fundamental a preservação e o aprofundamento desse arcabouço no início da gestão Lula", considerou Canuto.

Fábrica de caminhão da JAC pode viir para o RS

A montadora chinesa JAC motors, que está enfrentando uma série de contratempos no seu projeto de implantação de uma planta de carros em Camaçari, na Bahia, ressabiada, pode acabar instalando a unidade que produzirá caminhões em outro estado. Os dois pretendentes ao investimento são o Rio de Janeiro, que largou na frente nas negociações e o Rio Grande do Sul, cuja localização geográfica, entre São Paulo e Buenos Aires e a mão de obra qualificada,agradam aos executivos da marca. A fábrica de carros baiana, que deverá produzir a próxima geração do modelo J3, teve transferida sua inauguração, prevista para este semestre, para julho de 2015. Em relação à unidade de caminhões, a companhia não revelou ainda quais serão os modelos produzidos. Autoridades e empresários gaúchos já estiveram reunidos com representantes da empresa chinesas, mostrando o potencial do estado para receber a planta.

Mais frango opera no Tecon Rio Grande

A indúistria Mais Frango, localizada no noroeste gaúcho, passou a embarcar seus congelados através do Tecon Rio Grande, neste semestre. A fábrica utilizava até agora o terminal de Itajaí, em Santa Catarina e acredita que conseguirá redução total de até 15% nos custos operacionais com a mudança. A expectativa é de que serão movimentados em média 20 contêineres em cargas por mês.

Suape recebe rota para cargas de grande volume

O porto de Suape (PE) ganhou a primeira escala do navio Aliança Energia, da Aliança Navegação e Logística, que veio de Santos e descarregou 1,100 mil toneladas de transformadores elétricos. A nova rota da subsidiária do armador alemãor Hamburg Sud será cumprida por embarcações especiais para este fim que permitirão reduzir os custos nas operações no terminal pernambucano. O serviço atenderá as indústrias do estado em um navio exclusivo para escoar sua produção para o resto do país e igualmente receber mercadorias de outras regiões do Brasil como pás eólicas, turbinas, máquinas e peças de grande volume.

domingo, 20 de julho de 2014

Parcerias entre Brasil e China vão elevar as exportações

As reuniões entre representantes políticos e empresariais da China e do Brasil, durante a cúpula do BRICS, em Fortaleza (CE), resultaram em 32 acordos firmados, estabelecendo importantes parcerias comerciais. Os chineses são os principais clientes brasileiros desde 2009, com um volume de negócios que chegou a quase US$ 90 bilhões no ano passado. Este valor deve crescer ainda mais com o levantamento do embargo e disposição de compra de carne bovina pela China. Os encontros também abrem grandes oportunidades de aumentar o valor agregado das exportações do setor de serviços para o país asiático.

Petrobras bate recorde de processamento de diesel

A Petrobras atingiu recorde de 105 mil metros cúbicos por dia de processamento de diesel em suas refinarias no Brasil. Este desempenho vem contribuindo para a redução das importações de diesel e é reflexo do aumento da eficiência operacional das unidades de refino e de gestão integrada da cadeia de suprimento. A marca foi alcançada respeitando os princípios de segurança, meio-ambiente e saúde que norteiam as ações da estatal, informou o departamento de comunicação da petrolífera.

Economista diz que Banco do BRICS pode estimular comportamentos irresponsáveis

O economista e especialista em investimento, Richard Rytenband colocou água fria na fervura do entusiasmo em torno da criação do NDB (New Development Bank), o banco de investimentos que está sendo fundado pelo BRICS (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Segundo ele, a expectativa de que a instituição representará uma alternativa para as necessidades de financiamento de infraestrutura nos países em desenvolvimento é frágil. "Este argumento não se sustenta quando analisamos os dados e verificamos que os BRICS são os maiores recebedores de empréstimos na história do Banco Mundial, mesmo se considerarmos as décadas mais recentes", afirmou. Advertiu, inclusive, que "o socorro a nações que passem por riscos de calote, pode estimular comportamentos irresponsáveis, além de não haver qualquer lógica em querer financiar países se internamente (caso do Brasil)não há poupança e, portanto, existe carência de recursos".

sábado, 19 de julho de 2014

Agricultura familiar pode contribuir para combater a fome no mundo

O representante da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura), Alan Bojanic, afirmou que "a agricultura familiar pode ter um papel importante no combate à fome, que hoje atinge 842 milhões de pessoas em todo o mundo". A posição foi defendida durante o Rural Show, que reuniu pequenos produtores do Rio Grande do e de outras regiões, em Nova Petrópolis (RS). Segundo o diplomata da ONU, "iniciativas como esta abrem uma janela de oportunidades para aumentar a visibilidade e atrair apoio para este segmento". Por apoio, entenda-se buscar o incremento da presença de produtos do setor no abastecimento dos mercados internos e também no comércio global. No Brasil, isto já vem ocorrendo, ainda de forma tímida, graças ao trabalho de cooperativas, que permitem que produtores somem seus pequenos volumes de mercadorias aos de outros, conseguindo, assim, melhorar sua competitividade.

ECT faz parceria com a chinesa Alibaba

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) fechou parceria com a chinesa Alibaba, especializada em compras on-line, visando a ajudar pequenas empresas brasileiras a venderem seus produtos para o mercado da China. Maior site de vendas do mundo em volume de mercadorias, a Alibaba já conta com mais de 2 milhões de membros registrados no Brasil. O acordo pode ser uma sinalização da estatal nacional de que pretende efetivamente ingressar no comércio global, assim como outras grandes companhias do segmento, que cresceram a partir da internacinalização. A estratégia, de fato, há muito é defendida pelos principais executivos das áreas de logística e distribuição dos Correios, que sempre ressalvam as dificuldades para que isto venha a se concretizar em virtude das restrições legais que a empresa sofre para se expandir além das fronteiras do país.

Produção chega a 2,5 milhões de carros na GM de Gravataí

O complexo automotivo da General Motors, em Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre (RS) completou 14 anos de atividades, alcançando a marca de 2,5 milhões de veículos produzidos na planta, que tem capacidade para fabricar até 63 unidades por hora, em três turnos de trabalho. A unidade gaúcha é a maior da montadora norte-americana no Hemisfério Sul, instalada com um conceito inovador de condomínio industrial, com 19 empresas sistemistas e oito mil trabalhadores na produção e montagem de três modelos Chevrolet do segmento de carros compactos. "Esta é uma fábrica que foi planejada para crescer e servir de referência, o que é atestado pelos números registrados", afirmou o vice-presidente da companhia no Brasil, Marcos Munhoz.

Movimento de cargas cresce no Tecon Rio Grande

Um dos mais importantes terminais de contêineres da América do Sul, o Tecon Rio Grande encerrou o primeiro semestre com saldo positivo, operando um total de 355,3 mil TEUs, 21% mais do que os seis primeiros meses de 2013. O resultado decorreu principalmente pelo aumento de 150% nas cargas via navegação de cabotagem, uma das apostas da empresa do Grupo Wilson, Sons, com destaque de mercadoris vindas da Argentina. O modal cabotagem atingiu seu recorde no terminal em maio, movimentando 3,9 mil TEUs. Os itens que mais contribuíram para o desempenho foram móveis, vinhos, conservas, leite em pó e, especialmente, arroz, transportado para o Nordeste.Os 41.575 contêineres, numa média de 640 por navio, proporcionaram o histórico resultado. Com o objetivo de melhorar as operações, o Tecon investiu R$ 7 milhões na automação total dos portões. O gerente comercial do terminal, Rodrigo Orsolletta confirmou, também, que a supersafra gaúcha de grãos, liderada pela soja, manteve a estratégia de embarques por contêineres, iniciativa que começou a ser adotada em 2013, quando foram carregadas 165 unidades, com 24 toneladas em cada uma. "Neste ano, a expectativa é de alcançar a marca de 1 mil contêineres de soja", calculou o gerente comercial.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

O comércio que não é legal

O crescimento do comércio de guepardos para serem explorados como animais "domésticos" de luxo em países do Oriente Médio está levando à extinção das populações, que já eram ameaçadas, de acordo com estudo feito pelo Programa de Conservação dos Guepardos, uma parceria entre a Zoological Society of London e a Wildlife Conservation Society, pela perda do seu habitat natural, imensas faixas de terras hoje ocupadas por fazendas. O estudo, divulgado pelo jornal The Guardian, de Londres, revela números preocupantes deste negócio, apontando que mais de dois terços dos filhotes contrabandeados morrem no caminho das viagens ilegais que saem principalmente do Nordeste da África, e em menor escala do Irã, para a Peninsula Arábica. Os governos das nações envolvidas nas duas pontas deste tráfico admitem a gravidade da situação e prometem a adoção urgente de medidas para coibir a compra e venda dos animais. Segundo o diário britânico, o coordenador do Programa, Nick Mithcel, informou que os guepardos, que são os animais terrestres mais ágeis do mundo, diminuíram em 90% a sua população nos últimos cem anos. Para ele, a possibilidade de estancar este comércio, que não é legal, passa pela determinação de governantes, mas depende muito de mais investimentos, inclusive de grandes empresas, como já acontece no programa que coordena. Isto, sim, é legal.

Porto de São Sebastião tem plano para acidentes com óleo no mar

O porto de São Sebastião (SP) é pioneiro entre os terminais costeiros do Brasil a ter plano de área para acidentes com óleo no mar. O documento, aprovado e assinado pela Cetesb e o Ibama ([orgãos ambientais), contém as informações e medidas a serem tomadas em caso de acidentes com derramamento de óleo na área do porto organizado, que inclui, além do porto público, o Terminal Aquaviário da Transpetro, subsidiária da Petrobras, e o sistema de travessia São Sebastião/IlhaBela.

China suspende embargo à carne bovina brasileira

O governo de Pequim anunciou a suspensão do embargo imposto à carne bovina oriunda do Brasil, existente desde 2012, criando a expectativa de exportações do produto equivalentes a cerca de US$ 1,2 bilhão, somente para aquele mercado, segundo o ministro da Agricultura e Pecuária, Neri Geller. As restrições foram impostas pelas autoridades sanitárias chinesas a partir da confirmação de caso da chamada doença da vaca louca, registrado no Paraná em 2010, que foi classificado pelos especialistas como atítipico, já que o animal não morreu devido à doença. Com a liberação, os frigorificos brasileiros acreditam que podem tornar-se o maior fornecedor de carne bovina para o gigantesco mecado da China. Para este ano, a Abiec (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne) trabalha com a estimativa de atingir US$ 8 bilhões em vendas externas. Uma boa notícia puxa outra. A Rússia também acenou com a possibilidade de retirar as restrições de compra de carne suína, medida que poderá ser anunciada nos próximos dias.

DB Schenker amplia rotas intermodais do Norte da Àsia à Europa

A DB Schenker está ampliando seus serviços intermodais do Norte da Ásia para a Europa, com um novo Centro em Osaka, Japão, locaizado estrategicamente próximo ao Aeroporto Internacional de Kansai e do porto local. O objetivo é oferecer condições mais favoráveis para a conjugação do transporte pelos modais aéreo e marítimo entre os continentes asiático e europeu e, ainda, para os Estados Unidos. A nova rota considerou a necessidade dos clientes em ter um trânsito mais ágil, beneficiando especialmente empresas dos setores da moda, saúde e eletrônicos.

Marcopolo exporta ônibus com vidros duplos da Tecnovidro

A Marcopolo, maior fabricante e exportador de ônibus do Brasil, exportou 32 ônibus com vidros duplos termo acústicos fornecidos pela Tenovidro,de Farroupilha (RS) para a Gasco (Abu Dhabi Gas Industries), dos Emirados Árabes Unidos. Os vidros especiais conseguem minimizar os efeitos das variações de temperatura existentes naquela região, além de garantir maior isolamento acústico. "Essa tecnologia transparente empregada em nossos vidros é ideal para enfrentar o calor, o frio e o barulho em um dos mercados mais exigentes do mundo", ressaltou o diretor geral do Grupo Tecnovidro, Marco De Bastiani, que também comemorou a parceria com a Marcopolo.

Walter Veppo examina controvérsias jurídicas na importação

A palestra ministrada pelo advogado e especialista em Direito Aduaneiro, Walter Veppo, da Veppo Advocacia Aduaneira, abordou na InterComex 2014 (2ª Feira e Congresso de Comércio Exterior e Logística Internacional), no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre, os aspectos controvertidos da segurança jurídica na importação de mercadorias. Inicialmente, o especialista, de forma, sumária, apresentou a sistemática de importação e seus procedimentos legais. Veppo analisou com profundidade a problemática de reclassificação fiscal do Fisco no curso do despacho aduaneiro. O professor destacou, inclusive, o dilema da previsão do Regulamento Aduaneiro em reter mercadorias visando exigir pagamento da diferença de tributos e multas na reclassificação fiscal. Nessa oportunidade, friou que esse procedimeno de retenção dos bens por parte da fiscalização entra em confronto com a jurisprudência consolidada pelos tribunais. Citou, ainda, que a revisão aduaneira tendo por base suposto erro de interpretação de classificação fiscal é procedimento fiscal rechaçado também pelos tribunais. Por fim, arrematou o "expert" em Direito Aduaneiro que entende que há uma insergurança jurídica significativa quanto à questão da reclassificação fiscal que merece ser revista pela Fazenda Nacional. A InterComex, realizada dentro da programação da 16ª Transposul (feira e congresso de transporte e logística), promovida pelo Setcergs, reuniu cerca de 700 participantes, que acompanharam os quatro painéis, com a presença de oito palestrantes.

Exportações gaúchas caem 20% no semestre

Os primeiros seis meses do ano foram desanimadores para as exportações do Rio Grande do Sul que sofreram queda de 20,5% na comparação com o mesmo perído de 2013, registrando US$ 8,9 bilhões, US$ 2,3 bilhões menos que no ano passado. Em volume, igualmente houve recuo, de 21,8%, nos dois casos bem abaixo da média brasileira, fazendo o estado baixar para o quarto lugar entre os maiores exportadores, atrás de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. A participação gaúcha nas vendas externas do Brasil ficou em 8,02%. O único refresco é que examinado somente o último trimestre, o Rio Grande sobe para a terceira posição, superando o Rio de Janeiro.

Empresas alemãs contribuem com 10% do PIB industrial do Brasil

O embaixador alemão, Wilfried Grolig, disse, durante reunião-almoço em Porto Alegre, promovida pela Câmara Brasil/Alemanha e o Consulado Geral, que a história entrre os dois países é longa e segue cmm a presença de 1,3 companhias germânicas no Brasil, que empregam 250 mil trabalhadores e contribuem com 10% do PIB industrial brasileiro. Citou entre estas empresas, a SAP, Stihl, Siemens, BMW, Volkswagen, Lanxess, T-Systems e Bosch-Rexroth, que encontram aqui profissionais com boa formação técnica. O diplomata também revelou um dado pouco conhecido no Brasil: a existência,atualmente, 50 empresas brasileiras que já investiram na Alemanha, entre as quais a Braskem. "O Brasil é um importante parceiro com seu grande mercado interno e é um grande fornecedor de matéria-prima e produtos agroindustriais", destacou, ainda, Grolig.

China compra 60 aviões da Embraer

A Embraer assinou contratos para a venda de 60 aeronaves para duas companhias aéreas chinesas. Serão 20 aviões modelo E-Jets e 20 E-Jets E2 para a Tianjin Airlines, subsidiária da HNA Group, no valor total de US$ 2,1 bilhões e 20 unidades do tipo E-190 E2 para a ICBC Leasing, por US$ 1,1 bilhão ao todo. Os primeiros aviões começarão a ser entregues entre 2015 e 2018 e o pedido será incorporado à carteira da fabricante brasileira imediatamente após o pagamento da primeira parcela do contrato.

Presidente da AEB adverte que gargalos excluem o país das cadeias globais

O presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil, José Augusto de Castro, afirmou que os gargalos no sistema logístico e a excessiva burocracia estão excluindo o país das cadeias globais, estimulando a exportação de commodities e empregos e reduzindo as vendas externas de manufaturados, que têm maior valor agregado. Os bens industrializados, advertiu o dirigente, voltaram a ter participação nos dois últimos anos nos mesmos níveis que tinham nos anos setenta, uma queda acentuada de mais de 20% no valor total das exportações nacionais. O dirigente destacou que somente o Brasil e a Índia, entre as dez maiores economias do planeta, não estão também entre os dez líderes do comércio global. Além disso, acrescentou Castro, o Brasil despencou de 45º em 2012 para 60º em 2014, no ranking logístico elaborado pelo Banco Mundial. O presidente da AEB foi um dos palestrantes do painel Custos Logisticos, que encerrou a 2ª Feira e Congresso de Comércio Exterior e Logística Internacional (InterComex 2014), realizada no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre, dentro da programação da Transposul, feira e congresso de transporte e logística, promovida pelo Setcergs.

Brasil precisa do setor privado para investir em logística, diz executivo da CNI

O gerente executivo de infraestrutura da Confederação Nacional da Indúistria, Wagner Ferreira Cardoso, afirmou que os investimentos necessários para melhorar a cadeia logística no Brasil somente conseguirão ser feitos com a participação da inicitiva privada. Explicou que o aumento da demanda por infraestrutura tem sido maior do que o investido, mesmo com as obras do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento). A advertência foi feita em palestra no painel Custos Logísticos, na 2º Feira e Congresso de Comércio Exterior e Logística Internacional (InterComex 2014), no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre. Cardoso, que também é secretário-executivo de Infraestrutura da CNI, disse que os recursos aplicados no segmento no Brasil em relação ao valor total do PIB é inferior ao de outros países emergentes. "A China aplica 7,3%, o Chile 6,2%, a Índia 5,6% e o Brasil apenas 2,1%, percentual muito baixo e insuficiente para as nossas necessidades", criticou.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

CNI e Fiesp criticam fraco desempenho da economa

O Comitê de Política Monetária (Copom) manteve, por unanimidade, a taxa básica de juros, a Selic, em 11% ao ano, confirmando as previsões dos analistas e empresários. O mercado acredita que nas próximas reuniões do órgão até o final do ano também não deverá haver mudança no índice, em decorrência do fraco desempenho da atividade econômica no Brasil. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) atribuiu a decisão às dificuldades da atividade produtiva e considerou, em nota oficial, preocupante a aceleração da inflação em 12 meses para 6,5% nos índices oficiais e advertiu que os indicadores econômicos mostram um cenário de desaquecimento da economia no país. Já o presidente da Fiesp, Benjamim Steinbruck, disse que a Selic no patamar atual é um risco para a economia brasileira que caminha para a recessão. "A confiança do empresariado não é uma simples questão de humor, quando a demanda enfraquece e não se vê possibilidade de reversão no curto prazo, a confiança diminui e o investimento se retrai", observou o empresário e dirigente.

Embraport inicia serviço Cross Docking

Começou a funcionar este mês o novo serviço Cross Docking, que são as operações de estufagem e DDC (Desova Direta para Caminhões), na Embraport, como parte de suas movimentações comerciais na área continental do complexo portuário de Santos (SP). O sistema será um diferencial para o mercado, porque os contêineres de importação desembarcados dos navios e desembaraços no terminal, poderão ser abertos e desovados para que a carga seja, então, carregada em caminhões seguindo até o cliente. Segundo o diretor comercial da Embraport, Michael Martins da Silva, a adoção do novo serviço visa a aumentar a agilização nas operações de cargas.

Asia Shipping movimenta carga consolidada por Itajaí

A Asia Shipping está operando cargas consolidadas LCL (Less than Containers Load) partir do porto de Itajaí (SC). O contêiner é desembarcado no terminal e depois a mercadoria passa pelo processo de desembaraço aduaneiro para, a seguir, ser entregue ao cliente pelo modal rodoviário. O serviço envolve um sistema logistico mais inteligente e eficiente e ajuda a dminuir o número de caminhões nas estradas, explica o gerente da área de logística do armador, Ricardo Tavares.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Qatar Airways é eleita melhor classe executiva do mundo

A Qatar Airways, do país que deverá sediar a Copa do Mundo de Futebol de 2022, foi eleita a melhor classe executiva e segunda melhor companhia aérea do mundo, pelo Skytracks Awards 2014. A transportadora atribui a escolha ao seu empenho em estabelecer os mais elevados padrões no setor global de companhias aéreas. A frota, por exemplo, é totalmente nova, e preparada especialmente para entregar aos passageiros o mais requintado serviço cinco estrelas de voo. A empresa mantém rotas ligando São Paulo com os países do Oriente Médio. Então, se você vai viajar para aquela parte do globo e seu bolso comportar os preços destas regalias, embarque nas luxuosas aeronaves da Qatar Aairways. Na volta, curta a inveja dos amigos.

Mercosul está isolando o Brasil, acusa embaixador Rubens Barbosa

O embaixador Rubens Barbosa disse que o Brasil precisa pôr sua política de comércio exterior em outro nível. Ele criticou o Mercosul por considerá-lo um entrave que está isolando o país no comércio internacional, impedindo a assinatura de acordos com grandes blocos econômicos como o europeu. "O Brasil não está acompanhando as mudanças na área de comércio exterior que vêm ocorrendo em todo o mundo", denunciou. Segundo o embaixador, o Brasil vai continuar perdendo uma fatia importante do comércio com os países desenvolvidos se não resolver questões marcoeconômicas e de infraestrutura de forma a reduzir o elevado Custo Brasil e garantir competitividade aos produtos fabricados no país.

Regulamentada empresa pública que irá gerir portos do Paraná

O decreto que regulamenta a criação da empresa pública que passará a gerir os portos paranaenses acaba de ser publicado. A segunda etapa da implantação começa logo com a transição de autarquia para empresa pública que, segundo o governo estadual, será um processo tranquilo. O decreto também aprovou o estatuto de administração dos terminais de Paranaguá e Antonina, que disciplinará o funcionamento da nova companhia. A administração será composta por um conselho administrativo e uma diretoria executiva. A mudança visa ao aperfeiçoamento da gestão e a agilização das operações no complexo portuário, além de resolver o problema das ações trabalhistas.

Presidente da AEB e gerente da CNI encerram InterComex 2014

O presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro e o gerente de infraestrutura da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Wagner Ferreira Cardoso, serão os palestrantes do último painel da 2ª Feira e Congresso de Comércio Exterior e Logística Internacional (InterComex 2014), amanhã, dia 17, encontro paralelo à Transposul, feira e congresso de tansporte e logística, promovida pelo Setcergs, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre. Eles falarão sobre Custos Logísticos, às 16h. Antes, às 14h, acontecerá o painel Navegação de Cabotagem, com o gerente comercial da Log-In, Thiago Gonçalves e representante do Tecon Rio Grande. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo fone (51)3342-9299 ou pelo site www.transposul.com.

Presidente da Foton diz que país precisa privilegiar investimentos

O CEO da Foton Brasil, que está erguendo uma fábrica de caminhões da marca chinesa, em Guaíba, região metropolitana da capital gaúcha, Luiz Carlos Mendonça de Barros, afirmou que o país precisa adotar uma política que privilegie os investimentos e não o consumo. Segundo o empresário e doutor em Economia, o ciclo de expansão está esgotado no Brasil. "Não vivemos um colapso, mas é preciso preservar o progresso das famílias que passaram das classes D e E para C e B, e assim evitar uma possível revolta. Quem passou para o avião, não quer voltar para o ônibus", advertiu. Mendonça de Barros palestrou na abertura da Transposul 2014, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre.

Heitor Muller assume novo mandato na Fiergs

O empresário, contador e advogado Heitor José Muller, assumiu hoje mais um mandato na presidência da Fiergs, até 2017. Aos 74 anos, admite que o desafio é difícil, diante do desaquecimento da economia brasileira, incluindo o Rio Grande do Sul. Sua receita para enfrentar a crise é manter a calma em situações que exigam decisão firme, sem nunca "dinamitar pontes, e sim construir soluções comuns por meio do diálogo". Adianta que pretende apostar ainda mais forte na vocação empreendedora e associativista do empresariado gaúcho para buscar resultados positivos. Elogiou e citou como exemplo o desenvolvimento do agronegócio, especialmente do segmento da avicultura, que pode servir de modelo para o parque manufatureiro do estado.

Banco de Desenvolvimento do BRICS terá US$ 50 bilhões de fundos

Os chefes de governo dos cinco países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) definiram a criação do Novo Banco de Desenvolvimento (NDB, da sigla em inglês para New Development Bank), conforme anunciado por este blog há mais de uma semana. A instituição começa a operar com fundos de US$ 50 bilhões, divididos em partes iguais entre todos os membros do bloco. A sede ficará em Xangai, mais importante centro financeiro chinês e um representante indiano assumirá a primeira gestão, com um mandato de cinco anos (o comando será rotativo entre os sócios). A meta do NDB será financiar projetos principalmente nos cinco países do BRICS, podendo, eventualmente, ser feitos investimentos em outras nações. O novo banco surge, segundo os líderes dos cinco países, como alternativa a instituições como o Banco Mundial e o próprio FMI. Antes do início das operações, o que deverá acontecer nos próximos meses, a Argentina já aparece como postulante aos recursos, já que as torneiras estão se fechando para os platinos em outros "tanques" de dinheiro.

Carnes de frango e suíno fazem crescer embarques por Itajaí

O porto de Itajaí apresentou crescimento de 1% no semestre em relação ao mesmo período do ano passado, movimentando 524,18 mil TEUs, contra 517,88 mil em 2013, resultado significativo ante a estagnação da economia nacional. Os embarques pelo complexo portúário do Norte Catarinense representaram 52% das operações enquanto que as importações somaram 48%. Por Itajaí, sairam nos primeiros seis meses de 2014, 83% das exportações de Santa Catarina, equivalentes a US$ 3.791 bilhões de um total de US$ 4.547 bilhões. O estado andou, positivamente, na via contrária ao comércio exterior brasileiro como um todo, registrando crescimento de 2,66%. O frango congelado liderou a pauta de embarques para o exterior, seguido da carne suína, que ganha consistência no mercado internacional.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Empresários do BRICS querem investimentos em logística

Empresários dos cinco países que formam o BRICS apresentaram à presidente Dilma Rousseff, em Fortaleza, durante a reunião de cúpula do grupo, documento sugerindo investimentos em logística e conectividade entre as nações do bloco. Pedem, também, o incremento da cooperação em beneficiamento e agregação de valor nos minerais, energia, economia verde, produtos farmacêuticos e agroindustriais. Eles garantem que estão a disposição dos governos do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (os integrantes do bloco, para trabalhar em conjunto na busca destes objetivos. As propostas e recomendações constam do Relatório Anual do Conselho Empresarial do BRICS e foram entregue à chefe do executivo brasileiro pelo presidente da CNI, Robson Braga de Andrade.

Procedimentos Jurídicos na Importação é o tema de hoje no InterComex

Os "Procedimentos Jurídicos na Importação" serão debatidos nesta quarta-feira, dia 16, na 2ª Feira e Congresso de Comércio Exterior e Logística Internacional (InterComex 2014), no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre, dentro da programação da Transposul, promovida pelo Setcergs. As inscrições são gratuitas, pelo fone (51)33429299 ou no site www.transposul.com.br. O advogado Walter Veppo será um dos palestrantes do painel. Ele é especialista em Direito Aduaneiro, Tributário e Comércio Exterior, professor de Pós-Graduação em Processo Administrativo Aduaneiro, membro do Conselho de Comércio Exterior da Fecomércio-RS e da Comissão de Direito Aduaneiro da OAB/SP. O outro palestrante será o advogado Fernando Pierri Leonardo, presidente da ABEAD (Associação Brasileira de Estudos Aduaneiros) e da Comissão de Direito Aduaneiro da OAB/MG. Mestre em Direito Tributário, professor de Direito Aduaneiro na Pós-Graduação do IBMEC e na UniCuritiba, o jurista é, ainda, integrante da AIDA (Academia Internacional de Direito Aduaneiro). O painel será às 16h.

Petrobras "lava as mãos" no embróglio do Polo Naval do Jacuí

O governador gaúcho Tarso Genro e a presidente da Petrobras, Graça Foster, reuniram-se no Palácio Piratini para encontrar uma saída confirmando o Polo Naval do Rio Jacuí, em Charqueadas, mas o encontro acabou em frustração. Graça apenas reafirmou o apoio da estatal para a manutenção do complexo, contudo, adiantou que a companhia não pode fazer nada, além de aguardar por um desfecho favorável, o que significa achar um parceiro para a Iesa Óleo e Gás, que vive situação crítica, e somente desta forma poderia tocar o projeto. A presidente da Petrobras não fez declarações no final da reunião, cabendo ao secretário do Desenvolvimento do Rio Grande do Sul, Mauro Knijnik, declarar, o que não é nenhuma novidade, que a expectativa é pela definição da entrada da Andrade Gutierrez no negócio. Como a construtora também não se manifesta, segue o baile, ou melhor, continua todo mundo sentado, porque não há dança no salão do complicado polo. O contrato com a petrofífera envolve a construção no local de quatro módulos de plataformas, no valor de R$ 800 milhões, que já deveriam ter sido entregues até este mês (somente um foi feito). A estatal também solicitou à Metasa, fornecedora da Iesa, que cesse a produção das estruturas dos módulos enquanto não surge uma solução para o embróglio.

Hamburg Sud é premiada por ações ambientais

As ações ambientais desenvolvidas pela Hamburg Sud renderam ao armador alemão, pelo terceiro ano consecutivo, o Prêmio Asian Freight & Supply Chain, na categoria Melhor Prestador de Serviços Verde - Transporte Marítimo, entregue pela CargoNewsAsia, em Xangai, na China. A empresa disputou com outras cinco companhias de navegação. Os critérios avaliados, entre outros, foram a conformidade com os regulamentos e as normas ambientais, investimento em novas tecnologias e medidas para reduzir o consumo de combustível. O prêmio foi recebido pelo diretor regional para Ásia-Pacífico da Hamburg Sud, Stefan Kirschner.

Wilson, Sons e Damen assinam contrato para construir barcos

A Wilson, Sons assinou contrato com a holandesa Damen Shipyard para a construção de duas embarcações do tipo PSV 5000, com 85 metros de cumprimento e 19 de largura, que contarão com uma linha de propulsão diesel-elétrica e sistema de posicionamento dinâmico. Os barcos atenderão as especificações técnicas da sexta rodada do Programa de Desenvolvimento da Frota de Apoio Marítimo da Petrobras, incluindo um guindaste rolante. Serão fabricados no Estaleiro Wilson,Sons Guarujá e entregues à Wilson, Sons Ultralug, que vai operá-los em um contrato de seis anos com a estatal. A Wilson, Sons e a Damen mantém parceria comercial há mais de 20 anos.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

China quer investir no Brasil, mas utilizando mão de obra asiática

Os chineses estão balançando os corações e mentes de lideranças políticas do Palácio do Planalto, oferecendo parceria com o Brasil que envolveria investimentos girando em torno de US$ 30 bilhões. A soma, quase impensável, seria aplicada nos mais diversos segmentos, como ferroviário, rodoviário, aeroportuário, portuário e na geração e transmissão de energia. É grana para mudar radicalmente a infraestrutura do país. Parece bom demais para ser verdade. E, realmente, tem um enorme senão. As contrapartidas exigidas por Pequim estão assombrando Brasília. O presidente da segunda maior economia do mundo, Xi Jiupiang, deverá dizer a sua colega brasileira, Dilma Rousseff, durante encontro esta semana, em Fortaleza (CE), que em troca deste amontoado de recursos, seja importado para executar as obras um verdadeiro batalhão de milhares de trabalhadores asiáticos. Segundo fontes diplomáticas, não está no script do líder oriental, discutir a eventual contratação de mão de obra local para participar dos projetos. A posição causa calafrios no governo petista, diante das esperadas reações críticas, especialmente em plena campanha eleitoral em busca da reeleição para mais um mandato presidencial. É a velha história: se ficar, o bicho come, se correr, o bicho pega.

Petrobras e Solimões querem viabilizar gás da Amazônia

Um protocolo de entendimento para o estudo de avaliação econômica do aproveitamento do gás da Bacia do Rio Solimôes, na região da Amazônia, foi assinado pela Petrobras e o Consórcio Solimões. O objetivo é encontrar soluções para a liquefação do gás ou a geração de energia de forma economicamente viável, podendo haver uma conjugação das duas alternativas.

Ferramenta nova para a logística

A HBSIS está lançando o seu terceiro e-book voltado aos gestores de logística. O material é gratuito e encontra-se disponível para download no blog.hbsis.com. "Nosso objetivo neste novo conteúdo é mostrar como uma solução de apoio à distribuição pode auxiliar no cumprimento dos prazos e organização das atividades", explica o gerente de marketing, Odair Behnke.

Embaixador alemão fala sobre imigração germânica

A Câmara Brasil/Alemanha e o Consulado Geral da Alemanha promovem dia 17 de julho, reunião-almoço, com palestra do embaixador no Brasil, Wilfried Grolig. Ele abordará como tema os 190 anos da imigração germânica no país, fazendo um balanço e as perspectivas para o incremento da cooperação entre as duas nações. Será no Salão de Eventos do Hotel Plaza São Rafael, no Centro de Porto Alegre. Inscrições pelo fone (51)32225766 ou pelo email aline.martins@ahkpoa.com.br.

Presidente da AEB é destaque na InterComex

O presidente da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), José Augusto de Castro, autor do livro Exportação: Aspectos Práticos e Operacinais, será um dos palestrantes do painel Custos Logísticos, juntamente com o gerente executivo e de infraestrutura da CNI, Wagner Ferreira Cardoso, no InterComex 2014 (2º Congresso de Comércio Exterior e Logística internacional), que começa nesta terça-feira, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre. o Congresso integra a programação da Transposul, feira e congresso de transporte e logística, promovida pelo Setcergs. Outros três painéis acontecerão, com a presença de seis palestrantes que vão examinar questões da navegação de cabotagem e dos procedimentos jurídicos na exportação e importação. Inscrições, gratuitas, pelo fone (51)33429299 ou pelo site www.transposul.com.

Feira mostra tendências nos canais digitais

A eWave do Brasil participará da IBM Digital Experience, que será realizada dia 21 de julho, no Vale do Silício, na Califórnia e apresentará soluções e tendências relacionadas com os canais digitais. Entre as novas ferramentas que serão mostradas, estão portais corporativos e de mobilidade, destinados especialmente aos profissionais que atuam nas áreas de Tecnologia de Informação. "Vamos ter em primeira mão o acesso às novas tendências e poderemos analisar as que melhor se adequam às necessidades dos clientes e do mercado em geral, principalmente aqueles que estão em fase de implantação ou readaptação dos canais digitais", revelou o diretor da companhia, Pedro Britto.

Estaleiro Jurong estará pronto no final de 2015

O Estaleiro Jurong Aracruz (EJA) terá concluídas suas obras no final do próximo ano, quando começará a processar quatro mil toneladas de aço por mês. A obra acaba de receber o maior guindaste flutuante das Américas, construído no Japão. "O equipamento será utilizado para a fabricação de navios-sonda para o pré-sal e integração de módulos de plataformas do tipo FPSO, com capacidade para içar 3.600 toneladas", afirmou a diretora da empresa, Luciana Sandri.

Gigante chinesa produzirá ônibus elétricos em Campinas

A gigante chinesa BYD Company, especializada em novas energias, confirmou hoje que investirá R$ 200 milhões na abertura da sua primeira unidade produtiva na América Latina. A fábrica ficará em Campinas (SP) e também abrigará um centro de pesquisa e desenvolvimento de produtos. "O projeto conta com apoio do Investe São Paulo e envolve a tecnologia de ponta que é aplicada e a qualidade dos itens produzidos pela BYD", disse o presidente da agência de fomento paulista, Luciano Almeida. A planta produzirá no interior do estado de São Paulo, ônibus elétricos, painéis solares e baterias de fosfato, entre outros bens que, além de abastecer o mercado brasileiro, deverão alcançar o Mercosul e outras regiões do mundo.

Um futuro para o polo naval do Jacuí?

O encontro hoje entre representantes do governo gaúcho e da Petrobras pode apresentar um desfecho para a crise do polo naval do Jacuí, deflagrada a partir da grave situação financeira da Iesa Óleo e Gás, que não conseguiu viabilizar o projeto. A definição da instalação ou não do complexo envolve principalmente um contrato previsto de US$ 800 milhões com a estatal petrolífera para a construção na planta de Charqueadas(RS) de 24 módulos para plataformas marítimas, ameaçado de cancelamento em virtude da indefinição em relação ao polo local. É necessário a entrada de um parceiro no negócio para que ele seja efetivado, mas a Andrade Gutierrez, citada de forma recorrente, não comenta o assunto.

Encontro do Brics rende investimentos em infraestrutura no Brasil

O encontro da cúpula do Brics (bloco formado por Brasil, Rússia, China, Índia e ÁFrica do Sul), em Fortaleza (CE), esta semana, poderá servir para o governo brasileiro fechar ou encaminhar diversos negócios. A presidenta Dilma Rousseff pretende conversar com o presidente chinês, Xi Jiping, sobre a venda de 60 aviões produzidos pela Embraer para aquela nação, bem como atrair investimentos de Pequim nas áreas de transporte, energia e alimentos no Brasil. Com o presidente russo, Vladimir Putin, deverá ser assinado plano de ação prevendo investimentos em ferrovias, portos, energia nuclear, petróleo e gás. Nem tudo que será tratado na reunião, no entanto, agrada ao governo brasileiro. Os chineses, que já conseguiram forçar o ingresso da África do Sul no grupo, agora insistirão para a entrada de outros países, como a Argentina, a Indonésia e o México. A posição brasileira é de resistência à ampliação.

Exportações podem ter déficit recorde

A perda da competitividade dos produtos nacionais (prejudicando as exportações e favorecendo as importações) e a interminável crise econômica argentina são os dois maiores responsáveis pelo maior déficit comercial da história do país. O saldo da balança de manufaturados no primeiro semestre foi negativo em US$ 56 bilhões, mais do que os US$ 54,72 bilhões contabilizados nos primeiros seis meses de 2013. A queda em parte pode ser explicada pela exportação fictícia de duas plataformas de petróleo no primeiro semestre do ano passao, que foram somadas na coluna das exportações. A desaceleração dos negócios com a nação do Prata igualmente pesa porque os vizinhos estão os nossos dois principais parceiros comerciais. Mas, a crise vai além disso, conforme lideranças e analistas econômicos e financeiros, que consideram a situação bastante crítica, inclusive com a denúncia de um efetivo processo de dessindustrialização no Brasil.

Maersk e MSC fecham acordo de compartilhamento de navios

A Maersk e a MSC, dois dos maiores armadores mundiais, fecharam um VSA (acordo de compartilhamento de navios) por 10 anos nas três principais rotas de comércio Leste-Oeste: Ásia-Europa, Transpacífica e Transatlântica. O acordo ganhou a denominação 2M e substitui todos os outros existentes entre as duas companhias. O novo serviço contará com impressionantes 185 navios, com capacidade para transportar um total de até 2,1 milhões de TEUs, aproximadamente. A estratégia dos dois gigantes do transporte marítimo internacional é aumentar a eficiência das redes Maersk e MSC através de uma melhor utilização da capacidade de carga das suas embarcações e economizar no número de escalas.

Portal agiliza comércio exterior

O Portal Único do Comércio Exterior, lançado recentemente pelo Governo Federal, vai reformular e agilizar os processos de exportação e importação e reduzir em cerca de R$ 50 bilhões os custos das empresas que atuam no setor. O cálculo é do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), responsável pelo novo guia digital, que está a disposição do merdado, sem custos. A ferramenta reúne informações e procedimentos necessários nas diversas fases das operações de comércio exterior, tornando-as mais eficientes e inteligentes. O portal também busca dar mais transparência e simplicação às ações no segmento.

Aumenta o número de contêineres inativos

A frota mundial de contêineres inativos registrou nova baixa no mês passado, de 1,2% sobre o total, segundo levantamento do Lloyd's List Intelligence. O volume diminuiu para 219.449 TEUs, o menor nível desde março de 2012. No ano passado, o índice de contêineres sem uso ficou em 1,9% da frota total e em julho de 2012, o percentual foi de 2,2%. A queda decorreu do aumento no número de navios ociosos em diversas rotas internacionais.

sábado, 12 de julho de 2014

Aliança tem nova rota de cabotagem no porto de Imbituba

A Aliança Navegação e Logística, do grupo Hamburg Sud, está iniciando um novo serviço de cabotagem a partir do terminal de contêineres da Santos Brasil no porto de Imbituba, no Sul de Santa Catarina, com três escalas semanais. A rota transportará principalmente cargas do estado e do Rio Grande do Sul para os principais portos do Norte e Nordeste do Brasil, permitindo redução no tempo de viagem, mais agilidade nas operações e aumentando a produtividade do terminal local. O gerente comercial da Santos Brasil em Imbituba, Pàulo Pegas, disse que o porto catarinense hoje é uma alternativa viável para o carregamento de cargas conteinerizadas, de acesso fácil e dotado de infraestrutura que utiliza tecnologia de ponta.

sexta-feira, 11 de julho de 2014

JBS inaugura CD gigante em São Paulo

A JBS Carnes já está operando o seu novo centro de distribuição de alimentos refrigerados, um dos maiores do Brasil e da América Latina, na Rodovia Anhanguera, na cidade de São Paulo. As instalações ficam estrategicamente próximas do principal mercado consumidor do país e contam com mais de 100 mil metros quadrados. Segundo a companhia, o CD paulistano aumentará a eficiência na distribuição dos produtos da marca na região. A JBS já mantém centros de distribuição em Porto Alegre, Itajaí, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza, Brasília e duas unidades em Curitiba.

Cúpula do Brics decide criar banco de investimentos

Os líderes dos cinco países do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), reunidos em Fortaleza (CE), decidiram hoje que o grupo vai criar o seu banco de investimentos, injetando US$ 10 bilhões no projeto. Os representantes das áreas econômicas do bloco chegaram ao consenso da necessidade da fundação da instituição, cujas discussões vinham ocorrendo há mais de dois anos. A ideia é iniciar o mais cedo possível as operações, que objetivam o desenvolvimento dos integrantes do grupo, bem como a colocação de recursos em outras nações. Faltam apenas alguns detalhes para a formalização do contrato de criação do banco (a China desejava ter uma fatia maior, alegando o tamanho da sua economia, proposta rejeitada pelos demais países, ficando definido que a instituição será financiada em partes iguais por todos os membros do Brics). Foram sugeridas as cidades de Nova Deli, Xangai, Johanesburgo e Moscou para sediar o novo banco de investimentos. O Brasil abriu mão desta possibilidade, alegando que o país está envolvido em ano eleitoral, o que poderia atrasar o início do funcionamento do banco.

InterComex atrai profissionais do comércio exterior

Mais de 400 profissionais de atividades relacionadas com exportação e importação já inscreveram-se para participar do 2º Congresso de Comércio Exterior e Logística Internacional (InterComex 2014), que será realizado dias 15 a 17 de julho, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre, dentro da programação da Transposul - feira e congresso de transporte e logística, promovida pelo Setcergs. Os painéis e palestrantes serão: Custos Logisticos: José Augusto de Castro, presidente da AEB e Wagner Ferreira Cardoso, gerente executivo e coordenador de infraestrutura da CNI, Navegação de Cabotagem: Thiago Gonçalves e Rodrigo Orsoletta, respectivamente, gerentes comerciais da Log-In Logística Intermodal e do Tecon Rio Grande, Procedimentos Jurídicos na Exportação: Renato Leonardo Caetano e Rafael Nogueira Simas, advogados especialistas em Comércio Exterior e Direito Internacional e Procedimentos Juridicos na Importação: Walter Veppo, advogado e consultor de empresas, especialista em Direito Aduaneiro e Fernando Pierri Leonardo, presidente da Associação Brasileira de Estudos Aduaneiros e da Comissão de Direito Aduaneiro da OAB/MG. As inscrições são gratuitas e podem ser feits pelo fone (51)33429299 e pelo site www.transposul.com

Caminhões Foton desembarcam no Brasil pelo Tecon Rio Grande

Está a todo vapor a importação de veículos da Foton Caminhões da matriz chinesa, em Beijing, para o Brasil. Mais de 700 caminhões dos modelos 3,5, 11ST e 10-16DT serão desembarcados pelo Tecon Rio Grande até o final do ano, em lotes de mais de 100 por mês. O diretor comercial da filial da marca no país, Ricardo Mendonça de Barros, aproveitou para adiantar que "a expectativa é de que o complexo industrial da Foton, em Guaíba, região metropolitana de Porto Alegre, esteja inteiramente pronto em 2016. Até lá, vamos estruturar a rede de concessionárias da marca no Brasil para que, ao iniciar a produção nacional, o território brasileiro esteja adequadamente coberto em vendas e pós-venda". O executivo disse, ainda, que a montadora calcula que até 2015 aproximadamente três mil caminhões deverão ser movimentados pelo terminal gaúcho.

Log-In apresenta novidades para o RS na InterComex 2014

A Log-In Logística Intermodal apresentará suas novidades para o atendimento ao mercado do Rio Grande do Sul durante a InterComex 2014 (2ª Feira e Congresso de Comércio Exterior e Logística Internacional), que acontecerá dentro da programação da Transposul (feira e congresso de logística e transporte), promovida pelo Setcergs, no Centro de Eventos da Fiergs,em Porto Alegre. O gerente comercial nacional do armador, Thiago Gonçalves, será um dos palestrantes do congresso, no painel Navegação de Cabotagem, ao lado do gerente comercial do Tecon Rio Grande, Rodrigo Orsoletta. Informações e inscrições, que são gratuitas, pelo site www.transposul.com,ou pelo fone (51)3342-9299.

Santos Export 2014 será em agosto

A 12ª edição da Santos Export será realizada dias 12 e 13 de agosto, no Hotel Sofitel Jequitimar, em Guarujá, litoral paulista, com a participação de especialistas no setor portuário. Serão debatidos temas como a nova Lei dos Portos, as mudanças planejadas pelo governo federal para o setor e a competição entre terminais públicos e privados. Mais informações e inscrições, que custam R$ 490,00 até 20 de julho, pelo site www.unaeventos.com.br/forumsantosexport, ou pelo fone (11)9993-4765.

Exportações gaúchas caem 26% este ano

As exportações do Rio Grande do Sul somaram US$ 5,62 bilhões no segundo trimestre do ano, uma retração de 26,3% em relação ao mesmo período de 2013. O resultado negativo decorreu principalmentre da indústria, que apresentou impressionante redução 39,3% nos meses apurados, ficando as vendas externas em US$ 3,25 bilhões. Um dos motivos da baixa foi que no segundo trimestre do ano passado, uma plataforma de petróleo de US$ 1,62 bilhão foi contabilizada como exportação, elevando expressivamente os valores das receitas. Mas há outros fatores que vêm contribuindo para o mal desempenho da economia gaúcha. A crise argentina, tradicional e importantre parceiro comercial do estado, e sem perspectivas de reversão a curto prazo, é um deles.

Tecon Rio Grande está escaneando contêineres

O Tecon Rio Grande, um dos mais importantes terminais de cargas em contêineres da América Latina, está utilizando um novo sistema de inspeção de cargas, passando todas as exportações e importações pelo escaneamento digital. O sistema custou cerca de R$ 4,5 milhões para sua implantação e opera com um moderno scanner que possibilita a identificação das cargas dispensando a abertura dos contêineres e permitindo o envio das informações à Receita Federal em tempo real.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Exportações de frutas frescas é destaque na Revista Mundo

A última edição da Revista Mundo, especializada em comércio exterior e logística internacional, traz a reportagem de capa "Exportações de frutas frescas, um novo e saudável filão", mostrando a potencialidade deste segmento nos mercados globais, inclusive para a uva, figos e outras frutas cultivadas no Rio Grande do Sul. O sócio-fundador da Victoria Air, Josef Zech, em entrevista, diz que o objetivo da nova empresa, cujo outro fundador é o presidente da Allink, Nelson Cajado, é ser o primeiro e único consolidador aéreo neutro no Brasil. Leia a última edição completa da Revista Mundo, bem como os números anteriores. Acompanhe a publicação pioneira no Brasil em comércio exterior e que serve de ferramenta para os profissionais de comércio exterior nos últimos 22 anos. Acesse www.facebook/MundoComexRevista.

Wagner Ferreira, da CNI, será um dos palestrantes da InterComex

O gerente executivo de infraestrutura da CNI, Mestre em Engenharia dos Transportes e pós-graduado em Economia do Transporte Marítimo, Wagner Ferreira Cardoso, será um dos palestrantes da InterComex 2014 (feira e congresso de comércio exterior e logística internacional), que será realizada dias 15 a 17 de julho, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre, dentro da programação da Transposul (feira e congresso de transporte e logística), promovida pelo Setcergs. O presidente da AEB, José Augusto de Castro, autor do livro "Exportação: Aspectos Práticos e Operacionais" também estará palestrando, juntamente com Cardoso, no painel Custos Logísticos. Os outros paineis e palestrantes serão: Navegação de Cabotagem, com os gerentes comerciais da Log-In, Thiago Gonçalves e do Tecon Rio Grande, Rodrigo Orsoletta, Procedimentos Jurídicos na Importação, com o presidente da ABEAD, Fernando Pierri Leonardo e o advogado e consultor de empresas, Walter Veppo, e Procedimentos Jurídicos na Exportação, com os advogados especialistas em Direito Internacional Renato Caetano e Rafael Nogueira Simas. O congresso tem apoio da Sinal Comunicações e da Revista Mundo e as inscrições, gratuitas, podem ser feitas pelo fone (51)33429299, facebook.com/setcergs e www.transposul.com.

STF publica Súmula que acaba com a Guerra Fiscal

O Supremo Tribunal Federal publicou a proposta de Súmula Vinculante nº 69, que prevê a inconstitucionalidade de qualquer tipo de isenção sobre operações relativas ao ICMS, concedida sem autorização do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária). A publicação iniciou uma nova etapa nas intensas discussões em torno da chamada Guerra Fiscal (incluindo a Guerra dos Portos), que permite a concessão unilateral de incentivos fiscais em relação ao imposto por parte dos estados e do Distrito Federal.

Café agora é coisa de baiano

Quem diria, nas últimas três décadas, a Bahia tem contribuído para que o Brasil mantenha a posição de maior produtor e exportador mundial de café, além de segundo maior consumidor. A cafeicultura baiana agregou valor à variedade arábica, tradiconalmente cultivada no país e ainda introduziu o tipo conilon. Os resultados foram surpreendentes e decorrem dos investimentos que vêm sendo feitos pelo Consorcio Pesquisa Café, coordenados pela Embrapa Café, que proporcionaram expandir a produção e a produtividade e, de quebra, melhorar a qualidade.

Reajuste nas tarifas nos terminais de Viracopos e Guarulhos

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) autorizou o reajuste de 6,52%, que entrará em vigor em 30 dias, nas tarifas praticadas nos aeroportos internacionais de Guarulhos, em São Paulo e Viracopos, Campinas, os dois mais movimentados do país. A medida está prevista nos contratos de concessão dos dois terminais aéreos, assinados em junho de 2012. O aumento foi calculado com base na variação do IPCA nos últimos 12 meses. Serão afetadas as tarifas de embarque, conexão, pouso, permanência, armazenagem e capatazia - referente à movimentação de cargas e mercadorias nos dois terminais - destinadas à remuneração da prestação dos serviços e instalações dos aeroportos.

Mapa organiza missão para feira de frutas na Itália

O Ministério da Agricultura abriu inscrições para a missão comercial que vai a MacFrut 2014, a maior feira do segmento fruticultor da região mediterrânea e uma das mais importantes do mundo, que será realizada de 22 a 26 de setembro, na Emilia Romagna. Os empresários, executivos, técnicos e pesquisadores poderão participar da programação que abrange temas relacionados com o desenvolvimento do setor. A presença na feira é oportunidade de conhecer formas de aperfeiçoamento da produção em todas as suas fases, do conhecimento de novas tecnologias e contatos para a abertura de novos negõcios. A MacFrut atrai produtores e compradores de todo o planeta. Não custa lembrar que a União Européia é disparado o principal destino das exportações brasileiras de frutas. Mais informações e inscrições pelo fone (61)32182203 ou rayane.lopes@agricultura.gov.br.

Camex inclui seis novos produtos na Latec

A Camex decidiu mudar a Latec (Lista Brasil de Exceções à Tarifa Externa), incluindo seis novos produtos, que são conversores de torque, caixas de transmisssão, centros de usinagem e redutores, hidrogenocarbonatos, óleos minerais brancos e óleos de mamona hidrogenado. No caso do derivado da mamona, a medida visa a fortaleder agricultura familiar, prodominante no cultivo do produto. Já nos outros itens, o objetivo é tornar a cadeia produtiva brasleira mais competitiva. As mudanças foram definidas após análises do Grupo Técnico Sobre Alterações Temporárias da Tarifa Externa Comum do Mercosul.

Tito reduz tempo nas operações aduaneiras

A Tito Global Trade Services vem registrando desempenho positivo nos rankings de liberação de cargas de importação de produtos dos setores automotivo e de tecnologia nos aeroportos de Viracopos e Guarulho e no porto de Santos. A empresa é especializada em logística internacional, gestão aduaneira e comércio exterior, com oitenta anos de atuação no mercado.

Samir Keedi faz consultoria a empresas

O professor e consultor de empresas Samir Keedi, especialista em logística e comércio exterior, está prestando assessoria e consultoria a empresas em assuntos como Incoterms 2010, carta de crédito e outros, nos quais tem amplo domínio. Com sua experiência e conhecimentos, pode apresentar análises e soluções para que as operações sejam realizadas de forma mais adequada. Contato pelo e-mail samir@multieditoras.com.br, ou pelos fones (11)9-9852-6962/4153-2584.

Dilma quer conversar com empresários

A presidenta Dilma Rousseff instruiu seus assessores, especialmente os ministros da Fazenda, Guido Mantega e do Desenvolvimento, Mauro Borges, para convidar os empresários mais importantes de todos os segmentos produtivos para uma conversa no Palácio do Planalto. A ideia édiscutir juntos medidas de estímulo a retomada do crescimento do país, estagnado há um bom tempo. A chefe do executivo acredita que podem ser encontradas soluções a curto prazo para reverter o quadro. Há poucos meses da eleição em outubro, quando provavelmente a situação econômica terá peso importante, Dilma e os estrategistas da sua campanha à reeleição não querem correr riscos.

Porto de Imbituba recebe aerogeradores para parque no RS

O porto catarinense de Imbituba realizou ontem o desembarque dos aerogeradores que serão usados no parque eólico da Honda Energy, pertencente ao grupo automobilístico japonês do mesmo nome, em Xangri-Lá, no litoral gaúcho, que deverá inciar as operações em setembro. A produção do novo parque deverá ser destinada a abastecer totalmente a fábrica da montadora em Sumaré, no interior de São Paulo, que vai produzir até 120 mil carros por ano. O complexo no Rio Grande do Sul terá nove torres, capazes de de gerar 27 megawatts e consumiu R$ 9 milhões em investimentos. Como a empresa está construindo outra planta para a produção de carros, em Itirapina, também no interior paulista, é provavél que o parque eólico ganhe logo novos recursos e tenha sua capacidade dobrada.

Economia global vai crescer pouco este ano

Os prognósticos para o crescimento da economia em todo o mundo não são os mais otimistas, na avaliação do Instituto The Conference Board, que estipulou índices em torno de 3% para todo o globo, menos do que os 3,5% calculados antes. Já o Brasil segue remando, devendo fechar 2014 com insignificantes 1,8% de expansão econômica. A previsão feita no estudo anterior do instituto era de 2,3%. Os Estados Unidos devem chegar ao fim deste ano com desempenho equivalente ao brasileiro, mas, levando em conta o tamanho das duas economias, o resultado para os norte-americanos não chega a ser decepcionante como é para os brasileiros.

Exportações do agronegócio ultrapassam US$ 9 bilhões

As exportações brasileiras do agronegócio atingiram US$ 9,61 bilhões até agora, este ano, puxadas pelo complexo soja, que comercializou para o exterior o equivalente a US$ 4,62 bilhões, com embarques de 8,73 milhões de toneladas. Na segunda posição, o setor de carnes, com receitas de US$ 1,42 bilhão oriudas das vendas externas, e embarques de 489 mil toneladas. A liderança no segmento continua sendo das carnes de aves, mas as carnes bovinas vêm mostrando bom desempenho. A China consolidou-se como o principal importador do agronegócio do Brasil, seguida dos paísses da União Européia. No mesmo período, as importações do agronegócio ficaram em apenas US$ 1,21 bilhão. As informações são do Ministério da Agricultura e Pecuária.

Indústria gaúcha tem tímida reação em maio

A indústria do Rio Grande do Sul apresentou crescimento de 2,3% em maio em relação a abri, o que insuficiente para recuperar as perdas dos meses anteriores. Segundo o presidente da Fiergs, Heitor Muller, que divulgou os dados, os indicativos são de permanência do desaquecimento no segundo semestre. Na compração entre os cinco primeiros meses de 2014 com os do ano passado, houve retração na atividade fabril gaúcha de 2,1%.

Curso sobre Siscoserv na Câmara Alemã de Porto Alegre

A Câmara Brasil/Alemanha de Porto Alegre promove dia 18 de julho, na sua sede, curso/treinamento sobre o Siscoserv (Sistema Integrado de Comércio Exterior), que terá como instrutor o administrador de empresas Lisandro Trindade Vieira, diretor da WTM do Brasil, especialista em comércio exterior e tecnologia da informação. O objetivo é instruir os profissionais, especialmente de exportação e importação sobre como utilizar adequadamente esta importante ferramenta de trabalho.Informações e inscrições: fone(51)3222-5766, adz7@adz7.com.br ou www.ahkpoa.com.br. Custo de R$ 350,00 para associados e R$ 440,00 para não sócios.

terça-feira, 8 de julho de 2014

O maracanazo ficou menor, muito menor

Uma tragédia sempre pode ser superada por outra ainda maior. Os brasileiros passaram 74 anos lamentando o "maracanazo", a vitória de virada do Uruguai por 2x1 sobre o Brasil no recém inaugurado Maracanâ, em 1950, diante de quase 200 mil pessoas, superlotando o então maior estádio do planeta. Naquela tarde, os platinos conquistaram seu segundo e último título mundial e o carrasco Gighia permanece como um fantasma rondando a memória de gerações do Oiapoque ao Chuí. A decepção foi tão grande que até a camisa branca foi jogada no fundo de algum armário desconhecido e trocada pela amarela. Bendita mudança. Com o novo uniforme, a seleção, que passou a ser tratada carinhosamente como canarinho, tornou-se maior ganhadora de copas, com cinco taças dos mundiais da Fifa. A realização novamente do mundial no Brasil parecia ser a oportunidade de chegar ao hexa e, quem sabe, sepultar a derrota histórica. Mesmo que o time não entusiasmasse muito e as primeiras atuações tenham sido frustrantes, o triunfo sobre a Colômbia nas quartas-de-final reacendeu a chama da confiança. Alguns céticos, a boca pequena, sussurravam que no primeiro enfrentamento com um adversário realmente grande no futebol a fragilidade da equipe do técnico Felipão (comandante do hexa, em 2002)poderia ficar exposta. Mas, a goleada de 7x1 derrubou qualquer prognóstico. Nem o mais maluco apostador cravaria um placar tão humilhante. Os próprios alemães, no final da partida, não conseguiam disfarçar o constrangimento com o que tinha acontecido em campo. É, realmente, o maracanazo ficou pequeno, bem pequeno. Provavelmente, nos próximos 50, 100 ou 150 anos, ninguém se atreverá a falar na possibilidade de o Brasil sediar outra vez a Copa.

AEB lança o ENAEX 2014

A AEB (Associação de Comércio Exterior do Brasil) promove dia 16 de julho, em São Paulo,para marcar o lançamento do ENAEX 2014 (Encontro Nacional de Comércio Exterior), a mesa-redonda "O Brasil e os acordos internacionais: mirando o futuro", com as presenças do presidente da AEB, José Augusto de Castro, do presidente do Conselho Superior de Comércio Exterior da FIESP e conselheiro da AEB, embaixador Rubens Barbosa e do diretor do Departamento de Negociações Internacionais da SECEX/MDIC, Márcio Luiz de Freitas Nave de Lima. O tema é frequente na pauta das discussões do setor, que prega o aumento no número de acordos de comércio exterior e investimentos com outros países como forma de incrementar o comércio exterior brasileiro. Pesquisas apontam que países com os quais o Brasil têm acordos representam apenas 10,2% do comércio global. "Acredito que ações para a redução dos custos no comércio exterior, tema que permeará as discussões do próximo ENAEX, assim como o incremento dos acordos bilaterais, são fundamentais para o avanço do comércio exterior brasileiro", destacou o presidente da AEB. O ENAEX acontece dias 7 e 8 de agosto, no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro. O encontro é o mais importante fórum de diálogo entre o setor empresarial e o governo e reúne representantes de toda a cadeia de negócios do comércio exterior. Mais informações pelo www.enaex.com.br. e comunicacao@aeb.org.br.

BNDES contrata financiamento para projeto digital

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social contratou financiamento de R$ 1,46 bilhão paa a B2W Digital (companhia digital). Os recursos do BNDES correspondem a 60% dos investimentos no projeto que visa a implantação de centros de distribuição e investimentos em logística e tecnlogia

Café com mais recursos

Os cafeeicultores vão receber mais R$ 1,23 bilhão em recursos financeiros via Fundo de Defesa da Economia do Café. Os valores, repassados por meio de contrato firmado pelo Ministério da Agricultur e Pecuária, serão aplicados no desenvolvimento do produto em todas as suas etapas, da lavoura ao escoamento. Um dos objetivos do setor é voltar a ser um item de destaque na pauta de exportações do agronegócio brasileiro, posição que já ocupou no passado quando liderou as vendas externas do país durante várias décadas.

Ineje cria Curso de Tecnologia em Gestão

O Ineje está ampliando sua atuação com a criação da Faculdade Brasileira de Tributação que realizará, a partir do segundo semestre, um curso superior de Tecnologia em Gestão, com dois anos de duração e já reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação). O programará terá matérias combinando conhecimentos das áreas jurídica, contábil e financeira e a turma será de 40 alunos. A expectativa do Instituto é de formar profissionais capacitados para atuar na área tributária de empresas, consultorias e auditorias. Mais informações pelo fone (51)3388-8023 e pelo www.ineje.com.br.

Gado brasileiro na Colômbia

O Projeto Setorial Brazilian Hereford & Braford, parceria da ApexBrasil com a Associação Brasileira de Hereford e Braford, estará presente na Exposición Nacional Ganadero, de 16 a 20 de julho, em Bogotá, Colômbia. A participação, com um grande estande, é considerada pelos produtores fundamental, já que os colombianos formam um importante mercado para a carne do Brasil, com posibilidades de crescimento imediato. O projeto visa a promoção comercial das duas raças, criadas principalmente no Rio Grande do Sul, além de outros produtos agropecuários brasileiros.

O adeus à Celso Petersen

O empresário, advogado e despachante aduaneiro Celso Petersen, morreu ontem, em Porto Alegre, aos 61 anos de idade, vítima de câncer. Ex-sócio e diretor da KN+Deicmar Petersen e da Transcontinental Logística, foi também conselheiro do Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul. Profissional respeitado no mercado de atividades voltadas para exportação e importação, especialmente no Sul do Brasil, Petersen teve ao longo de mais de quatro décadas, atuação marcante e deixa saudades.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Dragagem reduz tempo de espera em Paranaguá

A dragagem de manutenção contínua realizada nos portos paranaenses mudou um cenário que se repetia ao longo dos anos. O terminal de Paranaguá agora não tem mais restrição de calado para os navios, o que impossibilitava as operações com carga plena. Com a movimentação mais eficiente e sem a necessidade de reatracação das embarcações, por motivo de "aguardar maré", a produtividade aumentou e a confiança dos operadores também. A obra igualmente termina com as constantes multas aplicadas por atraso nos trabalhos.

Treinamento sobre Fundamentos de Comércio Exterior no BB

A Gerência Regional de Apoio ao Comércio Exterior do Banco do Brasil no Rio Grande do Sul promove dia 16 de julho o treinamento "Fundamentos de Comércio Exterior", destinado a profissionais do segmento, com o professor Guilherme Gonçalves da Silva, da Universidade Corporativa Banco do Brasil. Será na avenida Carlos Gomes, 222, em Porto Alegre. O treinamento tem como objetivo indentificar conceitos básicos relativos a operações de comércio exterior de acordo com a legislação vigente. O custo é de R$ 250,00 e informações e inscrições podem ser feitas pelo fone (51) 3258-3500, ou consultoria.poa@bb.com.br.

ESPM será "sede" da ONU por cinco dias

A Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) vai ser a "casa" da ONU no Brasil quando o curso de Relações Internacionais da Escola será o grande apoiador da edição deste ano do SPMUN (São Paulo Model United Nations), que acontece de 15 a 19 de julho, na capital paulista. O encontro ocorre anualmente e reúne estudantes do ensino médio para simular as reuniões dos comitês especializados da Organização das Nações Unidas. A direção da ESPM considera que esta é mais uma maneira de aproximar os seus alunos que estarão acompanhando os trabalhos (são universitários e não secundaristas) que se desenrolam nas negociações internacionais e contribuindo para a familiarização deles com o funcionamento da entidade. É, também, ferramenta importante para a futura atuação dos estudanes em um mercado profissional cada vez mais globalizado.